Qualidade do ar

O ar de São Paulo nos últimos dias estava praticamente irrespirável (não sei nem se existe essa palavra!). Mas, estava horrível. Aí, já viu, ataca todos os “ites” – rinite, sinusite… há quem achasse até que eu estava com conjuntivite. Não era. Era “apenas” a poluição que irritava os meus olhos de um jeito insuportável.

No meio de toda essa falta de ar para respirar, ganhei uma semana de folga do trabalho. A primeira ideia: fugir de São Paulo. O João ficou um pouco tristonho com a minha decisão, já que ele vai para a Alemanha no sábado e vamos ficar uma semana sem nos vermos. Mas, eu precisava muito respirar. Estava com medo de uma hora trancar tudo e eu morrer sufocada. Sem exageros!

Peguei um ônibus e fui para Santos, visitar os meus pais. E não que Santos tenha lá a melhor qualidade do ar do planeta, mas como foi bom poder voltar a respirar sem trancar o nariz e a garganta. Aproveitei os dias com a Serafina e pedalei até o Guarujá, dei um rolê pelo centro de Santos e o olho não ardeu nenhum dia. Tudo isso para eu concluir de vez que era o ar de São Paulo que estava me causando toda aquela bagunça nas minhas vias respiratórias.

Uma pena que a folga acaba, né?! E aqui estou eu de volta e pronta para respirar esse ar que passa boa parte do ano impróprio e mata 12 pessoas por dia. E a culpa é de quem? Da minha bike é que não é!

Anúncios

One Response to Qualidade do ar

  1. Priscila disse:

    Muito interessante o post, tenho a mesma sensação que vc com os ites… parece as vezes que respiramos apenas poeira!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: