Contraste de incentivos

Copenhague

Quando falamos que o segredo está nos detalhes, isso serve também para a mobilidade urbana de uma cidade. Em entrevista recente com o prefeito de Copenhague um ponto me chamou atenção. A neve é um grande dificultador para as pessoas sairem nas ruas e usarem seus meios de transporte. Copenhague sofre deste problema, mas usou isto a seu favor. Quando chega o inverno, a Prefeitura retira a neve das ciclovias antes de limparem as ruas. Isso faz com que as pessoas optem pela bicicleta, já que daria um grande trabalho sair de carro na neve.

Em Copenhague, prefeitura retira neve das ciclovias antes que das ruas para carros

Em Copenhague, prefeitura retira neve das ciclovias antes que das ruas para carros

São Paulo

Em contrapartida, vemos vários exemplos do incentivo ao automóvel em São Paulo. A foto abaixo mostra um dos principais cruzamentos da cidade – Av. Rebouças com Av. Brasil. A Av. Brasil teve o asfalto recapiado em menos de dois dias, mas fizeram o absurdo de cobrir a faixa de pedestre! E aí como que fica? Qual é o limite para os automóveis respeitarem os pedestres nessa situação? (veja post mais detalhado sobre isso) A Av. Luis Carlos Berrini passou pelo mesmo processo, tendo todas as faixas de pedestres cobertas pelo asfalto!
"Puta falta de sacanagem" com os pedestres
“Puta falta de sacanagem” com os pedestres

Neste momento, entende-se perfeitamente qual a prioridade de incentivo dos governantes: o carro. E o mesmo se aplica para gestores de condomínios e shoppings como o Bourbon, que criam impedimentos para pedestres e ciclistas, enquanto que o cara que vai de carro faz tudo com muita facilidade. Gestores, aprendam: incentivos geram demanda! E a nossa demanda atual é por uma mobilidade mais sustentável.

 

Anúncios

One Response to Contraste de incentivos

  1. Diego disse:

    A realidade é bem esta, aqui na minha cidade mesmo tem um viaduto da Fepasa que embaixo te duas vias, porém bem apertadas onde passa grande parte do fluxo de automovéis da cidade. Por ser muito estreita, ja levei raspão de retrovisor de carro no meu guidão, e só me restou continuar as minhas passagens por lá pela calçada, por não ter nenhum espaço para o ciclista nas ruas. Uma M#$ä

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: