Chuvas amazônicas

As chuvas daqui são engraçadas. Você pode estar em uma esquina debaixo do maior sol de 40 graus e quando atravessar para o outro lado já está caindo o maior pé d’água capaz de alagar uma cidade de São Paulo em poucos minutos!

Em Porto Velho não tive a oportunidade de presenciar estas chuvas “de verdade”. Mas em Rio Branco elas acontecem todos os dias, as vezes mais de uma vez. É incrível como elas chegam e vão de repente. São fortes e deixam a cidade abafada. Outra coisa engraçada é que os pingos d’água são bem grossos. Se cair um em seu ombro, corra, porque lá vem o toró! Ou, se preferir, divirta-se em um alegre banho de chuva!

Estes dias, depois do almoço, desamarrei a bicicleta e estava atravessando a passarela para seguir o meu rumo. Caiu a gota grossa em mim, voltei correndo para o mesmo lugar. Amarrei a bike novamente e fiquei dentro do Novo Mercado Velho vendo a chuvona lá fora e registrando algumas imagens:

 

Minha bike tomando chuva

 

 

Um senhor me cutucou e apontou: "Veja como a bandeira do Acre fica bonita na chuva". Fica mesmo. Ganhou uma foto (escura)!

 

Achei uma bike escondida atrás do Novo Mercado Velho, protegida da chuva.

 

O moleque feliz da vida com o banho de chuva!

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: