Tradicional Desencontro

Conheci a Bicicletada em junho de 2008. Logo de cara fui “apadrinhada” pelo amigo Leandro Valverdes. Ele foi a primeira pessoa a pegar meu e-mail, traçar mapas de rotas tranquilas para eu ir de casa ao trabalho, do trabalho para casa, a ligar para saber como eu estava me saindo como usuária da bike como meio de transporte… até que ele propôs: um almoço todas as quartas, já que trabalhávamos perto, para batermos papo, para ele me dar dicas, para eu não desistir da magrela!

E assim começamos nossos tradicionais encontros às quartas-feiras. No terceiro, mais uma amiga que trabalhava perto se juntou à nós, a Chantal. E dali em diante fomos convidando outros amigos que sabíamos que trabalhavam perto e também pedalavam. Quando vimos, éramos uma verdadeira massa de ciclistas que se reuniam às quartas na hora do almoço para conversar e celebrar as amizades que a bicicleta nos proporcionou.

Até o final de 2008 isso foi, realmente, uma tradição. Todas as quartas feiras o pessoal se reunia. Mas no começo de 2009 o grupo dispersou, os encontros viraram desencontros, pois combinávamos o local, horário e aparecia uma ou duas pessoas. Teve gente que já chegou a aparecer no encontro e acabar almoçando sozinha, pois não apareceu ninguém. Então surgiu o apelido de “Tradicional Desencontro” que acabou virando um grupo em uma lista de e-mails.

Entre 2009 e 2010 foram poucos (des)encontros e a lista estava bem parada. Mas desde semana passada alguém decidiu retomá-la com um convite para um pastel com caldo de cana em uma feira escondida entre muitos prédios no bairro de Pinheiros. Nomes desaparecidos começaram a aparecer, gente nova foi incluída na lista e o Tradicional Desencontro tomou vida novamente.

Bike, Pastel & Cana

O encontro foi tão legal que essa semana aconteceu de novo. Dessa vez, mais gente, mais bikes encostadas, mais conversas, reencontros, alegrias que parece que só a bicicleta pode te proporcionar em uma cidade tão maluca como São Paulo. Com certeza semana que vem vai rolar outro (des)encontro e a tradição parece ser retomada, com gente nova, diferente, mas que tem em comum a bicicleta e isso já basta para sermos unidos, sermos amigos e sermos muito felizes!

Unidos pela bikeeeeeeee

Provavelmente poucas dessas pessoas saibam como tudo começou nessa tradição e como tradição é tradição achei legal registrar aqui essa história. Vida londa aos encontros e descontros que só a bicicleta nos proporciona!

"Aê Gola, deixa de ser antisocial e vem sair na foto..."

Anúncios

3 Responses to Tradicional Desencontro

  1. Pedaline disse:

    quer dizer que vc é a lider?
    ÊÊÊÊÊÊÊÊ

  2. Willian Cruz disse:

    Até a Falzoni já participou de um desses, naquele vegetariano da João Cachoeira.

    Vamos retomar sim, sempre fui a favor. Tanto que pelo menos uma das vezes fui eu quem foi sozinho pro almoço… :/

  3. Bruno Gola disse:

    eee :)

    eu comecei nessa época tbm e logo tentei entrar nessa onda do desencontro… mas eu morava em interlagos na época :P

    lembro que fomos na praça victor civita logo que inauguraram, eu não conhecia ninguem da bicicletada :P

    viva o desencontro =)

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: